12 Dicas e habilidades relevantes em momentos de crise


Em momentos de crise muitos ficam desanimados e passivos, esperando a situação melhorar. Nestes momentos é importante manter o equilíbrio, a fé, focar nas opções, oportunidades e agir. Pensamentos positivos e ações eficazes geram resultados extraordinários.

Resultados e competências comportamentais podem ser desenvolvidos com Coaching e se esta é sua aspiração, veja algumas dicas:

1. Pensamento Estratégico. Estabelecer objetivos, analisando oportunidades, ameaças, pontos fortes e fracos. Será útil escrever os prós e os contras, as perdas e ganhos para tomar decisões. Planejar, estabelecendo objetivos específicos, alcançáveis, relevantes, mensuráveis, com prazos. Manter foco no objetivo.

2. Acreditar em seu potencial, refletir sobre seus pontos fortes, habilidades, crenças, motivações, valores e missão de vida, refletir e focar nas necessidades humanas e como você pode contribuir com a humanidade. Refletir e revisar sobre sua carreira, pensar como empreendedor, acreditar em sua própria intuição, desenvolver espiritualidade, ter fé em Deus, em si e na humanidade. Acreditar que cada dia é uma dádiva divina que traz novas oportunidades, é preciso saber enxergá-las.

3. Atitude positiva e foco. Ver as dificuldades atuais como passageiras e oportunidades para desenvolvimento. Ter otimismo, utilizar linguagem positiva e apresentar atitudes positivas.

4. Habilidade de relacionamento e comunicação. Importante saber ouvir na essência, criar conexão positiva, observar comunicação verbal e não-verbal. Construir bons relacionamentos, aceitar diferenças e evitar julgamentos. Ter integridade, ética, ser sincero, inspirar confiança, credibilidade.

5. Resiliência – Aprender com dificuldades e erros, buscar feedback, manter persistência, aprender e se fortalecer. Administrar stress, equilibrar vida profissional com família, esportes e lazer, cuidar da saúde, bem estar.

6. Criatividade, Inovação – Flexibilidade, Adaptação e Transformação – Utilizar técnicas de Brainstorming para geração de ideias e depois analisá-las.

7. Proatividade – Analisar situações, prever necessidade de ações que tragam resultados, mesmo sem lhe pedirem. Agir antes que seja tarde. Agir agora e sempre. Evitar procrastinar.

8. Assumir riscos calculados e ousar fazer diferente de maneira progressiva, ousar ir além para obter resultados diferentes e melhores.

9. Inteligência Emocional – Autoconhecimento, equilíbrio e autocontrole emocional, autoconfiança, conhecimento dos outros, empatia, foco nas necessidades dos outros e dos clientes, desenvolver maturidade emocional.

10. Conhecer e declarar ao mundo o que você faz, seus talentos e objetivos, Agir em busca dos objetivos, Solicitar, Perdoar (aos outros e a si próprio) e Agradecer. Dar e receber. Fazer girar a Roda da Abundância!

11. Manter-se atualizado, buscar desenvolvimento contínuo, aprender sempre. Compartilhar conhecimentos. Realizar sessões de Coaching com profissional Coach habilitado.

12. Habilidade de economizar, diminuir supérfluos e desperdiçadores de tempo, administrar o tempo, escrever lista de tarefas, focar no importante.

As habilidades comportamentais podem ser desenvolvidas com sessões de Coaching, que utiliza técnicas e ferramentas de diversos campos de conhecimentos e ciências, como Psicologia (incluindo a nova área de Psicologia Positiva), Neurociências, Programação Neurolinguística (PNL), Gestão de Recursos Humanos – Gestão de Talentos, Filosofia (ocidental e oriental), Sociologia, Administração Estratégica. Saiba mais, acesse http://www.upcoaching.com.br

Há muitas outras dicas. Que outras dicas você pode incluir? Complemente e compartilhe!

Autor: Paula Sampaio de Saboia Araujo – Psicóloga & Executive Coach, www.upcoaching.com.br

Featured Posts
Recent Posts